Um patch para transformar gorduras e derretê-las

Uma nova abordagem para reduzir a gordura abdominal demonstrou ser promissora em testes em animais. Combina medicamentos conhecidos por transformar gorduras brancas que armazenam energia em gordura marrom que fornece energia, mas na forma local.

Um novo adesivo transforma a gordura estática branca em gordura marrom, que pode ser queimada. Apresenta uma nova maneira de administrar medicamentos, através de um adesivo de micro agulha.
Essa abordagem inovadora desenvolvida por cientistas da Universidade Tecnológica de Cingapura reduziu o ganho de peso em camundongos em mais de 30% em quatro semanas. O novo tipo de adesivo para a pele contém centenas de microagulhas, cada uma mais fina que um fio de cabelo humano, carregadas com agonista do receptor adrenérgico beta-3 ou hormônio tireoidiano triiodotironina T3.

Do rato ao homem

Com as microagulhas incorporadas na pele dos ratos, as gorduras circundantes começaram a dourar em cinco dias, o que ajudou a aumentar o gasto de energia. Os ratos tratados também tiveram níveis significativamente mais baixos de colesterol no sangue e ácidos graxos do que os ratos não tratados. A vantagem é que os produtos são entregues apenas localmente porque são uma fonte de complicações em geral.
"O que estamos tentando desenvolver é um adesivo indolor, discreto, acessível e utilizável", diz o professor Chen, especialista em obesidade. Esses dados podem incentivar os estudos clínicos da Fase I em humanos, na esperança de que esses adesivos de microagulhas possam se tornar uma modalidade eficaz e econômica para a prevenção ou tratamento da obesidade.

A equipe estima que seu patch protótipo tenha um custo de hardware de cerca de US $ 3,50.