Nova aplicação move diabéticos

Um aplicativo on-line interativo para ajudar os pacientes diabéticos a serem mais ativos fisicamente foi desenvolvido. Os resultados são publicados no Journal of Medical Internet Research.

Todos os dias, pacientes com diabetes tipo 2 devem evitar as tentações ao seu redor: doces, bebidas açucaradas e jantares ricos. É por isso que os pesquisadores desenvolveram um aplicativo que incentiva os pacientes a gastar o máximo possível. Um esforço indispensável à sua saúde. De fato, essa doença coexiste com a obesidade, o que desencadeia um ciclo perigoso. Pacientes obesos sofrem de dores nas articulações, o que limita sua capacidade ou desejo de serem fisicamente ativos. À medida que os pacientes limitam sua atividade física, eles ganham mais peso e sua doença piora.

Educar e incentivar

Para superar esses obstáculos, uma equipe de pesquisa americana desenvolveu o aplicativo interativo, a fim de fazer os pacientes entenderem o efeito e a grande importância da atividade física no tratamento de sua doença e, assim, motivá-los a alcançar essa importante mudança comportamental. No início, o usuário digita seu valor de açúcar no sangue (HbA1c) e algumas informações vitais básicas. O programa desenha uma curva média ideal de açúcar no sangue, baseada no valor de A1c do paciente. O participante pode ver a diferença entre as curvas esperadas e reais, o que é eficaz para aumentar a conscientização.

No futuro, a equipe de pesquisa espera adaptar essa abordagem para personalizar a aplicação, criando curvas de glicose específicas para cada paciente. Eles também esperam integrar esse trabalho no ambiente de atendimento clínico para fornecer aos profissionais ferramentas adicionais para educar seus pacientes